AMOR...A BASE DE TUDO NA VIDA!

AMIGOS QUE NÃO DÃO PENA, DÃO ORGULHO!

Venha e junte-se a um grupo de amigos que já participam do blog e se preocupam com o nosso país, com as nossas crianças, com a natureza, com os idosos e também com os animais. Faça essa "corrente pra'frente" e se gostar das postagens, COMENTE.Aqui você FAZ A DIFERENÇA! Sejam muito bem vindos!

AMIGOS INCENTIVADORES DO BLOG "BRASIL DÁ PENA" :

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

FAMA,PODER,RIQUEZA,SUCESSO... QUE DROGA!!!


                               "O poder corrompe.
                                A fama transforma.
                                O sucesso entorpece.
                                A riqueza, em alguns casos, passa a ser apenas 
                                A financiadora das drogas" by  Rubi Valente


Espero que Deus não esteja me ouvindo agora. Quando Ele concedeu o dom, o talento, a exímia arte de estrela de primeira grandeza para alguns artistas, como Elvis, Jimmy Hendrix, Janis Joplin, Kurt Cobain(Nirvana), Amy Winehouse e Whitney Houston, entre outros., deveria ter dado também a intitulada "caretice" para o não envolvimento com o mundo das drogas.


Nessas horas, fica uma pergunta no ar... Se alguns desses artistas não tivessem se envolvido com as drogas, QUANTOS estariam ainda VIVOS hoje? Arrisco a dizer que a maioria ainda estariam entre nós. No Brasil, pelo menos dois casos ocorreram onde uma OVERDOSE foi a causa das mortes. Elis Regina e Cássia Eller sucumbiram pelo uso demasiado de drogas. Talvez elas achassem que era um barato se drogar. Mas esse "barato" lhes tiraram a vida e parece que os exemplos de nada valem hoje em dia. E agora, Whitney!


Na primeira foto acima, Whitney tem 15 anos. Quem imaginaria que aquela garota prodígio, com voz de veludo e que cantava no coral da igreja de uma cidadezinha americana, viesse a se consagrar como a maior cantora norte-americana, detentora do recorde de ser a artista mais premiada da história da música no mundo.




Nos anos 90, Whitney, então com 20 e poucos anos, empolga multidões em turnês pelo mundo.Eu particularmente começo a comprar todos os cd´s que ela gravava. Sua voz inigualável, de uma perfeita sintonia entre o grave e o agudo, me fazia pensar que Deus(de novo,Ele) havia exagerado, e muito,  na concepção da voz daquela mulher. Quando eu ouvia ela cantar "I Will  Always Love You", tema do filme "O Guarda-Costas", eu ficava em completa abstinência às outras coisas ou pessoas, ali, só a voz de Whitney ecoava em meus ouvidos, era como se uma sinfonia de rouxinóis quisesse me tirar os pés do chão. Magnífica Whitney!


Fama, Poder, Riqueza, Sucesso... Que droga!!!




Quando a gente admira um artista, é fã, a gente quer e deseja vê-lo sempre no auge do sucesso. A gente torce por ele como se fosse para o nosso time do coração.E nem de longe passa pela nossa cabeça que ele pode estar na marca do penalty. Como no caso de Whitney. 


Na tentativa de retomar a carreira, ela agendou há dois anos atrás uma turnê pela Ásia, mais precisamente no Japão e Austrália. Em Tókio ela não foi vaiada, e isso deveu-se à chamada educação do povo japonês, apesar de terem ficado estarrecidos com os grunhidos destoantes de Whitney e com os constantes esquecimentos das letras das músicas. Mas na Austrália, a artista foi vaiada pelo público, que perdeu a paciência com ela. Uma triste decadência, um retrato impiedoso do que a maldita droga é capaz de fazer com um ser humano.


Quando a gente vê casos como esse de Whitney e de tantos outros famosos, que morreram em virtude do uso de drogas, a gente fica se perguntando. A pessoa tem tudo, tem o mundo aos seus pés, tem fama, tem poder, tem sucesso e tem dinheiro. Muito dinheiro! Mas parece que tudo isso "enfadonha" a pessoa. Ele no fundo, quer mais e mais. E aí...aparece no caminho as drogas. As malditas drogas! E quem entra nessa rota, perde o caminho de volta e a gente fica cobrando Dele(Ele de novo, mais uma vez) que olhe por essas fracas almas e agora,se estiver me ouvindo, que olhe e dê a tão desejada paz à Whitney.


E posto ao final desse, o vídeo de Whitney, com a música que a consagrou e que ofereço ao amigo, à amiga do Blog que me lê agora. Vá com Deus Whitney!!!



Postar um comentário