AMOR...A BASE DE TUDO NA VIDA!

AMIGOS QUE NÃO DÃO PENA, DÃO ORGULHO!

Venha e junte-se a um grupo de amigos que já participam do blog e se preocupam com o nosso país, com as nossas crianças, com a natureza, com os idosos e também com os animais. Faça essa "corrente pra'frente" e se gostar das postagens, COMENTE.Aqui você FAZ A DIFERENÇA! Sejam muito bem vindos!

AMIGOS INCENTIVADORES DO BLOG "BRASIL DÁ PENA" :

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

OS GRAVES ERROS NA ENFERMAGEM DO BRASIL



O Fantástico exibiu matéria neste último domingo(18/09) sobre os crescentes erros dos profissionais de enfermagem nos hospitais, clínicas e ambulatórios de todo o Brasil. Quem não se lembra do caso em São Paulo, onde uma enfermeira ao invés de soro, injetou vaselina líquida na veia de uma menor, levando-a a óbito? São inúmeros casos e muitos deles nem são de conhecimento público, pois muitas vezes encobre-se a falha desse profissional da enfermagem, até mesmo para não expor a imagem da instituição de saúde.

Nem precisei ver toda a matéria do programa da Globo, para detectar o "x" do problema. E ele se resume unica e simplesmente na formação do profissional de enfermagem. Existem no Brasil "n" escolas de enfermagem que dizem estarem registradas nos órgãos que regulamentam a profissão.E não estão, pois não tem registro para tanto. Tem em seu staff de chamados professores, pessoas que nem formadas são. Isso posto, como é que pode uma pessoa que se matricula numa dessas pseudas  escolas, saírem de lá com algum conhecimento?

Ao meu ver, junte-se aí os erros dos hospitais que contratam enfermeiros recém formados, não realizam treinamento adequado e nem supervisionam a rotina desses novos profissionais.Não estou querendo generalizar, pois é lógico que em muitos prontos-socorros do Brasil existem profissionais corretos, tarimbados e que desempenham satisfatoriamente suas atribuições, mas contudo, é preocupante o crescente número de erros. Uma melhor vigilância das autoridades, assim como dos Conselhos de Enfermagem, amenizaria em parte o problema..

Enfermeiros, atenção redobrada, nunca é demais!

5 comentários:

Anônimo disse...

Meu caro Valente não é só os enfermeiros que precisam estudar mais, os médicos também estão nesse lote, pois quando precisei da ajuda de ambos fiquei a ver navios pela incompetência de um sistema falido que a saúde no Brasil. Hoje paga-se muito para se ter um atendimento de péssima qualidade e pior a população fica proibida de adoecer se não morre

JUIZ DAVÉRIO disse...

Eu particularmente tive um caso na família onde um erro de um enfermeiro quase vitimou minha sobrinha,e ela foi ao Hospital Sao Luiz apenas para tirar os curativos de um acidente de moto.Acho que o Mec deveria fiscalizar com mais rigor essas escolas que formam esses profissionais.Muito bom esse artigo!

Samanta Sammy disse...

Olá amigo !!!

Muito importante esta postagem !
Concordo com o comentário acima, pois além desta classe os médicos também precisam de uma melhor formação e consciência. Vi uma reportagem onde a paciente ia operar um dos joelhos e na hora o médico decidiu operar os dois, porque ele acreditava que no futuro ela teria problemas... no fim, ela está de cadeira de rodas porque o joelho foi mal operado e o médico faleceu sem desfazer o mal feito...
No caso dos enfermeiros então , acho que o cuidado é redobrado ! que profissional não comete erros, ainda mais no começo de carreira não é mesmo ? e no caso desta função que lida com vidas, era preciso além de uma ótima formação, a supervisão direta e initerrupta !! Mas não é isso que acontece, infelizmente...
te confesso, tenho medo de ficar doente e precisar deste profissionais para uma injeção de gripe que seja...

Um abração e boa semana !

Enfª Denise Cordeiro disse...

A profissão de enfermagem tem como princípios fundamentais o comprometimento com a saúde do ser humano e da coletividade, respeitar a vida, a dignidade e os direitos da pessoa humana, exercer suas atividades com justiça, competência, responsabilidade e honestidade. Mas será que os profissionais de enfermagem encontram ferramentas para exercer a sua profissional respeitando os princípios éticos e legais?

Infelizmente os erros apresentados no Fantástico são cada vez mais freqüentes

O que não me espanta á falta de comprometimento dessas redes sensacionalistas, sem cunho investigativo de explorar as raízes dos problemas que esses profissionais enfrentam.

Faltou explicar a carga horária exaustiva que os profissionais de enfermagem estão submetidos, os problemas são muitos, baixos salários, más condições de trabalho e jornada de trabalho excessiva, muitos tem mais de 2 empregos para garantir sua sobrevivência e de familiares.

Existe um Projeto de Lei para que seja fixada a jornada de trabalho dos Profissionais de Enfermagem para 30 horas semanais, no entanto este projeto sofre forte rejeição dos proprietários de hospitais privados e até filantrópicos. Até hoje não existe um piso salarial para a Enfermagem.

Esse panorama abre espaço para dirigentes de sistema de saúde descomprometidos com a qualidade dos serviços prestados a população de saúde promover concursos oferecendo a irrisória faixa salarial de 785,00 com uma carga horária de 40 horas semanais.

Porque esses fatos não ganham força na mídia?

Enquanto a saúde e a educação (não se esqueçam que saúde e educação andam lado a lado) forem renegados e empurrados pela barriga, a baixa qualidade do ensino e os erros assistências a saúde serão cada vez mais frequentes. (comentário Enfermeira Renata Souza). assino embaixo.

Anônimo disse...

olhe com os olhos e julgue se puder.

na minha opinião a primeira coisa seria todos os profissionais de enfermagem entrarem em uma greve nacional ,so para o fantastico ter que noticiar a calamidade da saude sem o serviço de enfermagem
o problema é ......
falta de boas escolas e fiscalização com exame nacional para exercer a profissao.
melhores salarios
carga horaria adequada